Nossos produtos sem fumaça têm o potencial de apresentar menor risco de prejudicar adultos fumantes individuais que mudem completamente para esses produtos e de reduzir os danos à população como um todo. Para determinar o efeito provável que teriam sobre a população, é importante compreender como os nossos produtos sem fumaça são percebidos e como os consumidores irão se comportar com esses produtos.

 

 

PBA

   

What is the effect of RRPs

   

A comunicação é essencial

É importante que os consumidores compreendam que nossos produtos sem fumaça não são sem risco. Destinam-se e são voltados a adultos fumantes que de outra forma continuariam a fumar. Esses produtos não são para não fumantes ou ex-fumantes. Portanto, é essencial uma comunicação eficiente direcionada a adultos fumantes atuais. Conforme explicado na "seção Obtendo redução de risco, somente se adultos fumantes atuais mudarem para produtos sem fumaça o maior impacto positivo sobre a saúde da população poderá ser obtido.

Conduzimos várias pesquisas - e estudos com base em questionários para investigar o efeito de introduzir produtos sem fumaça em:

1. Comportamento de uso de tabaco entre adultos fumantes

2. Início do uso de tabaco entre adultos não fumantes s

3. Compreensão do consumidor das mensagens do produto e percepção dos riscos

Você pode ler nossos pôsteres científicos e apresentações para saber mais sobre os resultados mais atuais.

Produtos sem fumaça foram criados para obter uma redução nos danos provocados por fumar cigarros. Destinam-se apenas a adultos fumantes que de outra forma continuariam a utilizar tabaco ou nicotina. Não de destinam a fumantes que deixaram de utilizar tabaco e nicotina ou àqueles que nunca utilizaram cigarros ou outros produtos de tabaco. Além disso, esses produtos não devem ser utilizados como um dispositivo para ajudar a abandonar o uso de tabaco ou nicotina.

Nossas descobertas

Estamos comprometidos a compartilhar os nossos resultados à medida que o desenvolvimento e a avaliação científica dos nossos produtos avançam. Leia nossas descobertas mais importantes com artigos revisados por pares, apresentações e ensaios clínicos registrados que as apoiam.

O que aprendemos até agora...