Fumar cigarros provoca diversas doenças graves e aumenta o risco de morte precoce. As estratégias de controle do tabaco na maioria dos países concentram-se em medidas de oferta e demanda destinadas a impedir o início, reduzir o consumo e incentivar que se pare de fumar. Essas medidas resultaram em uma redução da prevalência do hábito de fumar ao longo das três últimas décadas, mas é improvável que venham a eliminar completamente o tabagismo. Na verdade, com base em tendências populacionais, estima-se que haverá em torno de 1 billion to 1.1 billion smokers by 2025, aproximadamente o mesmo número de hoje.

 

Ciência e tecnologia podem e devem exercer um papel em encontrar soluções para esse problema. A principal origem do problema é conhecida: décadas de pesquisas científicas demonstram que a causa primária de doenças relacionadas ao tabagismo está relacionada aos constituintes nocivos e potencialmente nocivos  Harmful and Potentially Harmful Constituents (HPHCs) formados pela queima de tabaco. É a combustão que leva à produção da maioria e dos altos níveis de produtos químicos nocivos detectados na fumaça de cigarro.. É por isso que estamos desenvolvendo um portfólio de produtos de risco reduzido* (RRPs, reduced-risk products) para adultos fumantes. Referimo-nos a esses produtos de risco reduzido como produtos sem fumaça. Mudar completamente para esses produtos tem o potencial de ser muito menos nocivo do que continuar a fumar.

 


É a combustão que leva à produção da maioria e dos altos níveis de produtos químicos nocivos detectados na fumaça de cigarro.
 

Leia a visão do nosso presidente

“Estamos comprometidos com um futuro sem fumaça, e nossa visão é de que Produtos de Risco Reduzido fundamentados cientificamente substituam cigarros tão rapidamente quanto possível.”– Presidente de ciência e inovação, Mirek Zielinski

Leia a mensagem completa

 

Uma alternativa para fumantes que de outra forma continuariam a fumar

 

A única forma de evitar completamente o risco de doenças relacionadas ao tabagismo é simplesmente não começar a fumar. Para os fumantes atuais, a melhor opção é parar. Porém, para os adultos fumantes que de outra forma continuariam a fumar, nosso objetivo é oferecer alternativas sem fumaça que tenham o potencial de reduzir o risco de desenvolvimento de doenças relacionadas ao tabagismo em comparação com fumar cigarros continuamente. Criamos esses produtos para que sejam atraentes para os adultos fumantes atuais, de forma que esses possam mudar totalmente para os novos produtos.


Oferecer alternativas sem fumaça para adultos fumantes é uma abordagem sensata e complementar a estratégias existentes de controle do tabagismo. Considerando o número de fumantes que continuará a fumar cigarros, faz sentido oferecer-lhes alternativas menos arriscadas se a tecnologia possibilitar isso e se tais produtos puderem ser disponibilizados. Políticas e regulamentações efetivas deveriam permitir aos adultos fumantes o acesso a Produtos de Risco Reduzido cientificamente substanciados. Essas políticas também deveriam permitir que os fumantes tomassem decisões informadas com base em informações precisas sobre esses produtos. Ao mesmo tempo, é nossa visão que a proteção de populações vulneráveis, como jovens, ainda pode ser assegurada quando todas as partes envolvidas trabalharem juntas.

 


This is why we are developing a portfolio of smoke-free products for adult smokers. Switching completely to these products has the potential to be much less harmful than continued smoking.

Por que produtos sem fumaça contêm nicotina?

Entendendo como obter a redução de riscos para adultos fumantes

Tobacco regulation

Regulamentação de tabaco e de produtos sem fumaça

Ciência rigorosa está no cerne do desenvolvimento e da avaliação que fazemos de produtos sem fumaça

A ciência por trás do desenvolvimento e avaliação de nossos produtos sem fumaça é inspirada por práticas utilizadas no setor farmacêutico para o desenvolvimento de novos medicamentos. Seguimos padrões científicos elevados e nossos programas estão alinhados ao projeto de diretriz publicado pela US Food and Drug Administration (FDA) em seu Projeto de diretriz sobre Produtos de tabaco de risco modificado (2012).